Fotos do deserto do saara

Chegaram a ficar incomunicáveis? Não levamos telefone nem rádio. Mas surpreendentemente uma vez por semana, em média, encontrávamos um cybercafé. Com a tecnologia as coisas ficaram bem mais fáceis. Podíamos atualizar o site e pesquisar os trechos seguintes.

Qual foi o trecho mais difícil? Guiar-nos apenas pelo GPS nas dunas do Saara foi incrível e tenso, mas a travessia do Sahel, o semideserto ao lado, foi ainda pior: quatro dias sem ver ninguém. Se acontecesse alguma coisa com a gente ou com o carro, estaríamos em sério perigo.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe uma resposta