Centro de São Paulo

No centro de São Paulo, uma família de bichos-preguiça convive com obras de artistas consagrados, como Breche-ret e lanelli, um aquário, um sítio arqueológico e uma figueira enorme. O endereço disso é o Parque da Luz, aquele ao lado da Pinacoteca do Estado e do Museu da Língua Portuguesa. Se você ainda não conhece o pedaço, está aí uma boa oportunidade: a Prefeitura de São Paulo acaba de lançar um roteiro auto-guiado com informações sobre todas as atrações do parque. Distribuído na Casa da Administração (próxima ao portão da Rua Ribeiro de Lima, 99), ele é o primeiro folder do programa Trilhas Urbanas, que, no próximo semestre, deve lançar ainda roteiros semelhantes para os parques da Independência, do Trianon e do Piqueri. Além disso, até o fim do mês, acontecem visitas guiadas gratuitas ao Parque da Luz.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe uma resposta