Um passeio na Praça Tiradentes

De volta à Praça Tiradentes, siga na direção da Igreja do Carmo, especificamente para a casa anexa, onde fica o curioso Museu do Oratório. Lá está uma coleção de oratórios dos séculos 18 ao 20, de diversos tipos e tamanhos. Esses objetos eram usados no culto religioso doméstico, tão fundamental em qualquer casa mineira como a pia ou a cama. Ocupava lugar de destaque nos quartos – ou mesmo na sala. Na coleção, há peças valiosas, com esculturas e pedras preciosas, e outros pequenos e populares, usados em viagens. Almoçar no restaurante Casa do Ouvidor (Rua Conde de Bobadela, 42) é uma boa iniciativa antes de reservar a tarde para conhecer a Mina da Passagem, no caminho para Mariana.

É a mais bela e antiga mina da região. Funcionou até 1985, já com sistema de garimpo industrial, até que as perfurações atingiram um lençol freático que inundou boa parte das galerias. Você pode entrar na mina a bordo de carrinhos sobre trilhos, os mesmos usados pelos mineradores. O passeio dura cerca de 30 minutos e inclui uma caminhada por entre os túneis subterrâneos até a beira de um lago azul que existe lá dentro.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe uma resposta