Chega às imediações da Ponte das Correntes

Com o mesmo bonde você chega às imediações da Ponte das Correntes e, se tiver sorte e talento, pode obter uma foto que nem a que dá início a esta reportagem. É uma obra e tanto do arquiteto escocês Adam Clark, famosa por suas colunas e seus leões. Principal via de ligação de Buda e Pest, a ponte termina sob o morro em que ficam as atrações monárquicas. No final dela há um túnel que, na imaginação das crianças húngaras de várias gerações, seria uma espécie de garagem para a ponte se esconder durante os invernos inclementes.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe uma resposta