Pra dizer adeus

Arecente destruição das estátuas gigantes de Buda pelo Taliban, o governo ultra-radical islâmico no Afeganistão, chocou o mundo pela rapidez com que foi levada a cabo. Se você, assim como eu, ainda não tinha batido o olho naquelas relíquias, perdeu a chance de vez.
A humanidade sempre destruiu ícones importantes da sua história em nome de coisas como o progresso ou simplesmente para demonstrar força. Os romanos demoliram o Templo de Jerusalém. O cristianismo dizimou boa pane da arte greco-romana por ser pagã. Os chineses implodiram templos budistas milenares no Tibete nos anos 60. Há pouco mais de um ano, a construção de uma represa custou a inundação do vilarejo de Belkis, na Turquia. No subsolo da cidade escondia-se uma das mais ricas coleções de mosaicos da civilização romana. Os arqueólogos chegaram a batizar o lugar de Segunda Pompéia, tal sua importância.

Categoría: Turismo na asia  Tags:
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe uma resposta