San Marco arregaça as calças

As mesmas águas que levam as gôndolas pelos canais que fazem de Veneza uma cidade única também são sua principal ameaça. Durante pelo menos cinqüenta dias por ano, a acqua alta, como os italianos se referem à alta das marés do Adriático, transtorna a vida de venezianos e turistas. Para amenizar o problema, o país vai investir 50 milhões de dólares numa operação de engenharia corajosa: elevar 25 centímetros a Piazza San Marco um ícone da cidade, com seus pombos e cafés. Os trabalhos vão consumir 50 milhões de dólares e deverão durar cinco anos.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe uma resposta