Vale dos Vinhedos em Serra Gaúcha

Vale dos Vinhedos em Serra Gaúcha

Há dois passeios obrigatórios para quem visita Bento Gonçalves. O primeiro deles, o Caminho de Pedra, é um retorno ao passado: num trecho de 10 quilômetros, há casas erguidas pelos colonos italianos e hoje abertas aos visitantes, como aquela em que foi filmado O Quatrilho. Há também uma antiga ferraria, a Casa das Massas, onde se fabrica macarrão e crústole (tiras de massa doce fritas e passadas no açúcar). Pena que recentemente asfaltaram o caminho (em vez de calçá-lo com parale-lepípedos), transformando-o em rota de caminhões e ônibus. Tome cuidado, porque o trânsito é intenso.

O segundo roteiro é uma aposta no futuro: o Vale dos Vinhedos reúne as melhores vinícolas do país, como Miolo, Valduga e Don Laurindo. Por causa da qualidade das uvas, a região deve se tornar a primeira denominação de origem (DOC) para os vinhos brasileiros. Isso significa que a chancela ‘”Vale dos Vinhedos” numa garrafa vai ser garantia de qualidade. O passeio é um tour de degustação. Esteja atento para não ficar grogue ao volante, mas não deixe de provar o Tanat, um vinho robusto criado pela casa Don laurindo.

Completado o circuito italiano, vamos para os lados de Gramado e Canela. As duas faces da Serra Gaúcha são separadas pelo vale do Rio Caí. Isso significa que o motorista terá que descer um longo trecho, atravessar o rio e subir tudo de novo. Mas a estrada é bonita, principalmente pelo caminho de São Vendelino e Feliz, a partir de Garibal-di. Você vai pela encosta, cruzando uma seqüência de longas pontes suspensas. Nova Petrópolis marca o início de uma paisagem tipicamente alemã, cheia de chalés, araucárias, lagos e jardins. Depois da massa e do vinho, chegou a hora da sobremesa: apfelstmdel (torta de maçã), chocolates, bolos e todo tipo de doce caseiro. No inverno, pode até ne-var, o que costuma atrair “caçadores de frio”, principalmente casais em busca de aconchego e paisagens românticas.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Deixe uma resposta