Archivo para la Categoría » Turismo no peru «

Turismo suspenso até abril em Machu Picchu

O acesso a Machu Picchu, cidade sagrada dos incas, principal destino turístico do Peru, está vetado para turistas em março, seja para quem tenta chegar por Águas Calientes (base para explorar Machu Picchu), pela famosa Trilha Inca e até de helicóptero. A suspensão da visitação ao local seguirá possivelmente até o começo de abril, segundo o Instituto Nacional de Cultura (INC) do Peru por causa das intensas chuvas que castigaram o sul do pais no começo de 2010. as quais resultaram em enchentes, além de estragos e interrupção no funcionamento da ferrovia que leva a Águas Calientes.

Com isso, cerca de 2 mil turistas ficaram ilhados na cidade, incluindo 270 brasileiros, todos resgatados de helicóptero. Autoridades do turismo de Cuzco cidade de onde muitos visitantes partem rumo a Machu Picchu e que conta com inúmeras empresas de turismo – tentaram manter os passeios para o monumento inca via vôos de helicóplero, mas o INC também vetou essa possibilidade, já que o meio de transporte não garante a retirada dos turistas em caso de mau tempo. Assim, as operações aéreas autorizadas são voltadas exclusivamente para atender e abastecer o povoado de Águas Galientes.

Cordilheira Blanca

Cordilheira Blanca
Um grande trekking no Peru. Toda a alimentação está incluída, além de um burrinho de carga (peso máximo: 20 kg). Nos três primeiros dias, caminhadas nos arredores de Huaraz…

Cusco Peru turismo

Cusco, Peru.
É A FESTA DO SOL. MAIS IMPORTANTE CELEBRAÇÃO INCA, ela acontece no dia 24 e coincide com o solstício de inverno, quando o sol atinge a maior distância do Hemisfério Sul. A data é comemorada com representações teatrais que remontam aos antigos rituais do povo. Centenas de figurantes fantasiados tomam conta da imponente Fortaleza de Sacsayhuaman.
Aprecie a mistura da  arquitetura inca com a ibérica, presente no Bairro de San Blas, no gigantesco muro na Rua Hatun Rumiyoc, no Convento de Santo Domingo e na Catedral, construída com blocos retirados de monumentos incas.
COMO CHEGAR:
O vôo para Cusco, com conexão em Lima, sai a USS 785 na Lan (11/2121-9020, lan.com). QUEM LEVA O pacote da Ambiental (11/3818-4600, ambiental.tur.br), com quatro dias em Cusco e um em Lima, custa USS 1795.

Viagem para machu picchu

Planejo conhecer Machu Picchu, no Peru, com uma amiga, mas num esquema menos tradicional: indo e voltando de barco pelo Rio Amazonas. É seguro?

A boa notícia: dá para ir, sim. E mesmo para duas mulheres é tranqüilo. A jornalista Eliza Capai, nossa colaborado-ra que fez sozinha o trajeto de Belém a Manaus, encontrou gente que fez isso (meninas, até). Agora a má: é tempo demais. A ida, de Manaus a Iquitos, leva nada menos que 13 dias e a volta – que segue o sentido das águas – apenas sete. Que tal vocês irem para o Peru de avião e voltarem de barco?

Ruinas chan chan

Ruinas chan chan.
PARA CHEGAR LÁ
Localizada a apenas 5 quilômetros a noroeste da cidade de Trujillo, pode-se chegar às ruínas usando as vans que cruzam as esquinas das ruas Espana e industrial, ou Espana e Ejército.
Outra opção é ir de táxi, mais confortável e igualmente barato. O ingresso para Chan Chan custa USS 3,5, e
o sítio arqueológico abre das 9h às 16h30.

Ruinas de Chan Chan

Ruínas de Chan Chan, Peru.
A intrigante cidade de barro do povo chimu.
POR QUE IR? A riqueza histórica e arqueológica do Peru é imensa e vai muito além das misteriosas Linhas de Nazca ou Macchu Pichu, merecidamente famosas mundo afora. Menos conhecidas, mas igualmente intrigantes, são as ruínas da cidade de Chan Chan, simplesmente a maior obra em barro do planeta, abrangendo uma área de 28 km?. Construída pelo povo chimu no século 13, as ruínas são compostas por 15 distintas edificações, formando um conjunto de áreas residenciais e praças. Estudos estimam que no auge da cultura chimu a cidade chegou a abrigar cerca de 60 mil habitantes. A fragilidade das ruínas tem sido castigada com o tempo pela ação do vento e das chuvas. Ainda assim, do topo do mirante erguido para proporcionar uma visão ampla do complexo, Chan Chan assume um aspecto labiríntico impressionante.