Tag-Archivo para » lisboa tel aviv «

A cosmopolita Tel Aviv

Outra cidade que está na faixa do Mediterrâneo é Tel Aviv, centro econômico e cultural de Israel. Depois de conhecer tantas atrações históricas, ela é uma surpresa: uma típica metrópole, com shoppings, arranha-céus, muitos bares, restaurantes e uma vida noturna intensa. Durante o dia, a extensa praia é bastante animada, com gente de todas as idades fazendo exercícios, jogando frescobol ou passeando com os cachorros pelo calçadão. Tel Aviv foi fundada em 1909 nos arredores de Yafo, cidade portuária com mais de quatro mil anos de história. Em 1950, as duas foram fundidas em um único município: Tel Aviv-Yafo. No passeio pelo Centro Histórico de Yafo passa-se por ruelas do pitoresco quarteirão dos artistas, por um centro para turistas com diversos restaurantes e por souqs com artigos orientais.

É interessante conhecer a praça onde está a escultura de uma baleia lembrando a história bíblica de Jonas (o profeta teria embarcado no porto de Yafo), além de visitar o mercado de pulgas, com artigos de segunda mão, e comer na tradicional padaria Abouelafia, datada de 1879. Quem quiser se esbaldar em história pode visitar alguns dos vinte museus de Tel Aviv. Entre eles estão o Museu da Terra de Israel (Haaretz), o Museu de Arte, o Museu do Palmach e o Museu da Independência, lambem como parte do circuito histórico e cultural na cidade, vale visitar a Kikar Ra-bin, praça onde em 1995 Yitzhak Rabin foi assassinado por um estudante judeu depois de proferir um discurso de paz.

Paisagens variadas Israel Tel Aviv

Israel, com apenas 450 km de comprimento e 120 km de largura, consegue reunir mais de três mil anos de história. A pequena área torna o país fácil de ser explorado – em cerca de seis horas dá para atravessá-lo de norte a sul. No entanto, engana-se quem pensa que por causa do tamanho há pouco o que ver. Israel concentra paisagens das mais variadas. Na parte central ficam Jerusalém e Tel Aviv. No sul, o balneário de Eilat, famoso pelas praias, pela badalação e pelas atividades aquáticas; a leste está o deserto da Judeia, região do Mar Morto, e no norte estão as disputadas Colinas de Golan, a sagrada Nazaré, o Mar da Galileia e o Monte Hermon que, a 1.296 metros acima do nível do mar, abriga uma estação de esqui. Além do contraste de paisagens, o país surpreende também pela mescla de tradição e modernidade.