Tag-Archivo para » viagens nova york «

Guia de nova york

AGENDA DE ENDEREÇOS.
The back room 1. 102 Norfolk Street, junto à Delancey Street pdt .
2. 113 St. Marks Place, junto à istAvenue clinton street bakery .
3. 4 Clinton Street, na East Houston Street shake shack.
4.  Madison Square Park, Madison Avenue e East 23rd Street freemans restaurant .
5. Fim da Freeman’s Alley, perto de Rivington Street la esquina .
6. 114 Kenmare Street, junto à Lafayette Street lighthouse frying pan.
7. Píer 66 Maritime, na West 26th Street e Rio Hudson water taxi beach .
8. 2 Boden Avenue, Queens forbes galeries .
9. 62 Quinta Avenida, junto à I2th Street chelsea art gallery district.
10.  2lst, 22nd, 24th e 25th Streets, entre lOtfi & 11 th Avenues b4 it was cool .
11.  89 East Houston Street, na Bowery Street washington square park .
12. Washington Square North antiques garage flea market .
13.  112 W25th Street, junto à6th Avenue.

Estatua da liberdade em nova york

Dê uma mordida maior na Big Apple com o nosso guia de lugares secretos indicados por quem mora na cidade. Levaremos você a uma praia urbana e a um minimuseu, passando pelos melhores bares e restaurantes escondidos. Descubra, isso é Nova York.
A PALAVRA FINAL:
“Dizem que vida é o que acontece quando você está ocupado fazendo outros planos. Mas às vezes em Nova York, vida é o que acontece quando você está esperando uma mesa.”

Lugares escondidos em Nova York

ALGUNS DOS MELHORES RESTAURANTES FICAM NOS FUNDOS… OU ATÉ MESMO NOS SUBTERRÂNEOS.
ABowery Street, na região de Lower East Side, é uma rua repleta de lojas que vendem equipamentos de cozinha. Mas esqueça os enormes fornos de pizza e as pias triplas. Procure com atenção uma placa que indica Freemans Alley e siga na direção das luzes feéricas que Ficam no fim dessa viela, porque há uma masa a sua espera no Freemans Restaurant.
Criaturas empalhadas o espreitam das paredes dessa rústica taberna enquanto você contempla um cardápio que é puramente americano. Ignorando as exigências dos moderninhos do Manhattan, o chef Prestou Madson, da Geórgia do Sul, pôs no menu opções pesadas que são favoritas no sul, tais como pão de milho e canjica. Enquanto mistura uma jarra de um bloody marypicante, o barman Mike Martinez me parabeniza por eu procurar o Freemans. “Há muitos lugares escondidos em Nova York e vale a pena o esforço para encontrá-los. Eu não ficaria surpreso se você chegasse aqu i e me dissesse: “Estivemos num lugar em que passamos por dentro de um cano de esgoto para chegar, mas o baba ganoush [prato típico do Oriente Médio, com pasta de berinjela e tahine] era incrível!”
Ele não está longe da verdade. Em Little Italy, uma outra aventura gastronômica clandestina me leva, literalmente, aos subterrâneos. Uma placa de néon promete tacos para viagem, mas trata-se apenas de um truque grosseiro. Fale com o maitre e ele o conduzirá escada abaixo, passando por uma cozinha movimentada. Uma equipe de chefs latino-americanos lhe dará as boas-vindas de maneira bilíngüe quando você entrar numa caverna pouco iluminada, de teto baixo, com um burburinho de música e risadas. Trata-se do La Esquina, o restaurante mexicano mais amado e mais escondido de Nova York.
Entre no clima sorvendo uma taça de margarita margeada de sal no bar, que serve uma estonteante variedade de tequilas – desde a dose padrão cor de âmbar até outra de uma safra de dez anos atrás, que vai lhe deixar duro: custa US$ 150. O cardápio está repleto de clássicos pratos mexicanos, como carne assada e tortilhas com salsa, enroladas em carne de porco cozida.

Fotos da Nova York Manhatan

Acima: por fora, o La Esquina parece uma simples casa de tacos para viagem, mas desça a escada e você encontrará um bar de tequila que faz uma incrível margarita e um restaurante mexicano que tem de tudo no menu – de tortilhas com caranguejo a costelas tostadas com banana-da-terra.
Uma pilha de panquecas deliciosas justifica a espera na Clinton Street Baking Company, como testemunha uma fã do lugar, Christina Broccolini .